fbpx

Veja erros comuns que pessoas cometem ao organizar suas economias

Para jovens que ainda estão tentando estabelecer suas carreiras, focar na aposentadoria ou economizar para o futuro pode não parecer uma prioridade

O caminho para a independência financeira não é fácil e geralmente requer paciência e diligência desde o início.

Para os jovens que ainda estão tentando estabelecer suas carreiras, focar na aposentadoria ou economizar para o futuro pode não parecer uma prioridade. Mas fazer os movimentos errados de dinheiro desde o início pode sair caro. Aqui estão quatro erros mais comuns que os jovens adultos cometem ao organizar suas vidas financeiras:

Esperar muito tempo para começar a poupar para a aposentadoria

Planejar a aposentadoria é encontrar um equilíbrio entre guardar dinheiro para mais tarde e ter o suficiente para pagar as coisas agora. Mas os planejadores financeiros alertam que o preço do atraso pode ser alto.

Portanto, comece cedo!

Ser vítima da inflação do estilo de vida

O aumento do custo de vida acontece quando as pessoas começam a perceber os antigos luxos como necessidades.

“A mídia social cria o desejo de acompanhar os outros”, disse Nick Reilly, um planejador financeiro certificado com sede em Seattle. “O medo de perder, combinado com uma mentalidade de ‘eu mereço’, levou mais millennials a gastar a maior parte de seus ganhos em coisas que fornecem satisfação e status de curto prazo.”

Os jovens geralmente subestimam o quanto podem economizar em aluguel e alimentação e como gastos excessivos podem prejudicar seriamente outros planos financeiros.

“Morar em um apartamento sem elevador em vez de em um prédio com elevador provavelmente não parecerá tão diferente quando você é jovem, mas pode economizar muito dinheiro”, disse Watson. Ele sugere manter o aluguel abaixo de 25% de sua renda mensal bruta e as despesas com alimentação abaixo de 15%.

Não ter poupança de emergência suficiente

Os fundos de emergência podem salvar o dia se você perder o emprego, ficar doente demais para trabalhar ou tiver outras contas inesperadas para cobrir. No entanto, os mais jovens às vezes podem ser excessivamente confiantes e ignorar esses riscos.

“Não é surpreendente ver jovens adultos sem nenhum fundo de emergência”, disse Lee, “o que é preocupante porque é um importante amortecedor financeiro e pode impedir que você se endivide ainda mais”.

Lee disse que qualquer quantia é um bom ponto de partida, mas geralmente as pessoas solteiras precisam reservar seis meses de despesas para uma emergência. Para casais com renda dupla, o valor deve ser de pelo menos três meses.

Manter muito em ativos voláteis como criptomoedas

Embora investimentos mais recentes, como NFTs, ações de memes, SPACs e criptomoedas, possam fornecer um potencial de crescimento atraente, ignorar sua volatilidade pode arriscar seriamente sua saúde financeira.

“Graças às mídias sociais, as chances são altas de que todos conheçam alguém que enriqueceu rapidamente com pelo menos uma dessas oportunidades”, disse Reilly.

Alguns planejadores financeiros também chamam isso de “Síndrome do Objeto Brilhante”. Os investimentos de alto risco e alta volatilidade são cada vez mais atraentes para os investidores mais jovens que procuram construir riqueza rapidamente e podem fazer com que métodos mais estabelecidos e de longo prazo de construção de riqueza, como ações, pareçam chatos.

“Mas é extremamente perigoso colocar todo o seu dinheiro em ativos de alto risco, como NFTs ou criptomoedas”, disse Watson, “quando se trata de planejamento financeiro, trata-se mais de se preparar para o pior do que de buscar o maior retorno”.

Fonte CNN: https://www.cnnbrasil.com.br/business/veja-erros-comuns-que-pessoas-cometem-ao-organizar-suas-economias/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *